Educação Infantil

No Colégio São Mauro, o Regimento Escolar, que é como a Constituição de cada escola, diz o seguinte, quanto aos objetivos da Educação Infantil:

Artigo 5º – A Educação Infantil tem por objetivo:

  1. 1.    Desenvolver a criança bio, psico e socialmente;
  2. 2.    Proporcionar-lhe um ambiente rico em afetividade e em experiências próprias a torná-la segura e atuante.
  3. 3.    Prepará-la, nas séries finais, para um acesso tranquilo ao Ensino Fundamental.

A frieza da lei, traduz-se numa prática que procura, através do afeto demonstrado e da disciplina das pequenas coisas conduzir a criança a desempenhos ativos, confiantes e responsáveis.

Nosso inspirador é o santo educador italiano São João Bosco, criador do Método Preventivo, segundo o qual « não basta que as crianças sejam amadas, é preciso que elas saibam que são amadas.

Nossas brincadeiras e jogos desenvolvem a capacidade de raciocínio e memória da criança

Esse amor, por outro lado, não se deve transformar numa permissividade que deixe a criança isenta de toda a regra e, como consequência, inapta para o convívio social agradável e ativo.

A importância da disciplina é ensinada –implicitamente – a través da reiteração de comportamentos que facilitam o aprendizado e o convívio, como guardar a mochila na sala assim que chega a escola, colocar-se em fila quando toca o sinal, rezar em conjunto as orações antes da aula, usar o banheiro e lavar as mãos antes do lanche, escovar os dentinhos depois de comer etc.

Todas essas atividades são frequentemente incentivadas ou acompanhadas de canções ou rimas que agradam as crianças e facilitam e fixam os comportamentos.

Esse amor, por outro lado, não se deve transformar numa permissividade que deixe a criança isenta de toda a regra e, como consequência, inapta para o convívio social agradável e ativo.

A importância da disciplina é ensinada –implicitamente – a través da reiteração de comportamentos que facilitam o aprendizado e o convívio, como guardar a mochila na sala assim que chega a escola, colocar-se em fila quando toca o sinal, rezar em conjunto as orações antes da aula, usar o banheiro e lavar as mãos antes do lanche, escovar os dentinhos depois de comer etc.

Todas essas atividades são frequentemente incentivadas ou acompanhadas de canções ou rimas que agradam as crianças e facilitam e fixam os comportamentos.

O ensino de música, que começa aos quatro anos, também é muito importante nessa fase. Utilizamos o método Kodally, de reconhecida eficiência e muito ao gosto das crianças, já que utiliza jogos e brincadeiras com que elas aprendem sem dificuldade nem aridez.

O ensino de duas línguas estrangeiras – o inglês e o francês – também se inicia aos quatro anos, aproveitando uma capacidade de assimilação de novos fonemas e estruturas linguísticas que diminui notavelmente após os seis anos. Ou seja, quando uma criança começa a aprender línguas estrangeiras depois dos sete anos, ela já ultrapassou em que era mais fácil e mais natural aprender.

O incentivo à leitura, já nas primeiras classes de alfabelização

Mas o ponto alto de nosso trabalho na Educação Infantil são a alfabetização e a iniciação matemática. Usamos o Método Fônico de Assimilação Gradual, que proporciona um aprendizado tranquilo e eficiente, facilitando o desenvolvimento do gosto pela leitura, tão importante para o desenvolvimento escolar futuro da criança.

Nossas turmas de educação infantil, que podem ter até 15 alunos, são formadas segundo critérios etários e desenvolvimento, repartidas em cinco níveis :

  • Delta – Para crianças fazendo dois anos até 30 de junho.
  • Gama – Para crianças fazendo três anos até 30 de junho.
  • Beta – Para crianças fazendo quatro anos até 30 de junho.
  • Alfa – Para crianças fazendo cinco anos até 30 de junho.
  • Primeiro ano no Ensino Fundamental – Para crianças fazendo seis anos até 30 de junho.

Cada nível tem um programa próprio, lógica e cronologicamente integrado aos níveis anteriores e posteriores, proporcionando às crianças um progresso contínuo e suave.

 
 
Se você tem filhos dessa faixa etária venha nos conhecer. Ele pode fazer – sem nenhum custo para você – uma experiência de uma semana e, só depois, você decide se quer ou não fazer a matrícula.

Com amizade, trabalharemos juntos nas mais importante de nossas tarefas: a educação de seus filhos